Brasileira no Cedaw

A advogada Silvia Pimentel uma das 52 brasileiras indicadas para concorrer coletivamente ao Prêmio Nobel da Paz de 2005, assume, em janeiro, o segundo mandato de quatro anos (2009 -2012) no Comitê para Eliminação de Todas as Formas de Discriminação contra a Mulher (Cedaw). O Comitê da Organização das Nações Unidas (ONU) é composto por 23 mulheres de diferentes nacionalidades e tem como função avaliar e monitorar a implementação de políticas em defesa das mulheres nos 185 países membros. Para isso, Silvia e as outras 22 representantes se reúnem, três vezes ao ano,  em Nova York ou Genebra.

 

Professora doutora de Filosofia do Direito da Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP) e autora de vários livros sobre os direitos sócio-jurídicos da mulher, Silvia foi indicada pela primeira vez para concorrer à vaga no Comitê Cedaw em 2004, pelo governo brasileiro e pelo movimento de mulheres. “A participação de uma brasileira no Cedaw é o reconhecimento do sério trabalho feito pelo movimento de mulheres no país”, afirma Silvia. “Mostra também que o país tem pessoas qualificadas para assumir qualquer posto na ONU.”


Mulheres & Homens

1000 Mulheres pela Paz

©2017 - Associação Mulheres pela Paz - Praça da República, 376 - 7º andar - Cj. 71 cep: 01045-000 - São Paulo - SP Fone (55 11) 3224-9454