COMUNIDADES DOS CEUs DA CAPITAL DISCUTEM A CULTURA DE PAZ

 

NA LUTA CONTRA A VIOLÊNCIA ÀS MULHERES E MENINAS

Evento de lançamento acontece na noite de 26 de março, no CEU São Mateus

A cada 20 segundos uma mulher é agredida; a cada 11 minutos uma mulher é estuprada; a cada 2h30 ocorre um estupro coletivo; a cada 2 horas uma mulher é assassinada; o Brasil é o quinto país do mundo com o maior número de feminicídios; o Brasil é campeão no mundo no assassinato de transgêneros; o país é rota de origem, destino e movimento de pessoas traficadas, sendo que 83% das vítimas são mulheres e meninas exploradas sexualmente; 40% das mulheres são chefes de família; as mulheres ganham em média 23% menos do que os homens na mesma função, mesmo com maior número de anos de estudo; a população negra recebe 44% a menos que a branca.

O quadro das estatísticas brasileiras demonstra uma realidade trágica cuja raiz do problema está na construção social de gênero, que é aceita culturalmente e vem sendo mantida historicamente há milênios. Daí a necessidade de ações educativas que visem desconstruir os estereótipos discriminatórios, com o esforço de mulheres e homens, meninas e meninos. A forma equivocada com que se aprende a ser mulher e a ser homem tem provocado sérias consequências para toda a sociedade.

O ciclo de palestras “promoção da cultura de PAZ na luta contra a violência às mulheres e meninas” é direcionado às mulheres e homens das comunidades de todas as 46 unidades dos CEUs – Centros Educacionais Unificados localizados no município de São Paulo, pelo período de um ano. É fundamental atingir ao público do grande número de periferias de São Paulo, com ações educativas construídas de forma dialógica, visando interromper o ciclo de perpetuação da violência contra mulheres e meninas. O conteúdo agrega o conceito ampliado de paz (Resolução 1325 da ONU), a quebra dos estereótipos sexistas, racistas e todas as interseccionalidades – intersecção de identidades sociais e sistemas relacionados de opressão, dominação ou discriminação -, as consequências das desigualdades, a Lei Maria da Penha e como procurar ajuda.

A violência contra mulheres e meninas é uma epidemia que não escolhe classe social, raça, etnia, nível educacional, idade, localização geográfica… Assim, há a necessidade de unir esforços de mulheres e homens para alcançar a paz, a segurança e a justiça social. O conceito ampliado de paz é um instrumento eficaz na abordagem da violência em atividades direcionadas a mulheres e homens, principalmente junto ao público jovem. De antemão, tem a força de “desarmar” ambos os sexos, para se aprofundar em uma temática que vai trazer transformações no comportamento cotidiano de cada pessoa e beneficiar a toda a sociedade. Tal conceito de paz não se restringe à sua aplicação no conflito armado e em suas consequências. Trata-se de um conceito que remete às ações do cotidiano. A guerra do dia a dia também está retratada nas discriminações e na violência contra mulheres e meninas.

Este projeto é uma realização da Associação Mulheres pela Paz, uma ONG com sede em São Paulo, fundada em 2003, cujo foco principal de trabalho é o enfrentamento à violência contra mulheres e meninas, que se materializa no cotidiano pela violência doméstica, violência sexual e tráfico para fins de exploração sexual. Conta com a parceria da Secretaria de Educação da Prefeitura do Município de São Paulo e o patrocínio da Uber, cujo programa de impacto social prioriza a segurança do público feminino.

Evento de lançamento: Ciclo de palestras Cultura de paz na luta contra a violência às mulheres e meninas
Dia e horário: 26/3/2019 – 19h
Local: CEU São Mateus – Rua Curumatim, 201 – Parque Boa Esperança
Contatos: Vera Vieira – Fone: (11) 99647-9497 – email: vera7vieira@globo.com

Clique aqui [+] para ler e fazer o download do folder

Deixe seu Comentário:





Seu comentário aparecerá após a aprovação.

Mulheres & Homens

1000 Mulheres pela Paz

©2019 – Associação Mulheres pela Paz – Rua Coração da Europa, nº 1395 – Bela Vista – 01314-020 – São Paulo/SP – Fone (11) 99647-9497