No importa comprar viagra generico espana lo que suceda comprar cialis generico espana en la historia viagra contrareembolso de la industria cialis contrareembolso lo principal es comprar priligy que ahora comprar kamagra todo es super
Do Planeta Fêmea à Cúpula dos Povos

 

Quando da Conferência das Nações Unidas para o Meio Ambiente e Desenvolvimento, a ECO 92, ocorrida de 3 a 4 de junho de 1992, no Rio de Janeiro, os participantes do Fórum Global – atividade paralela à Conferência Oficial- organizaram-se em tendas distribuídas pelo Aterro do Flamengo.

As mulheres armaram a maior e mais diversa tenda do Fórum, batizada Planeta Fêmea. Estima-se que cerca de cinco mil pessoas passaram diariamente por ela. E teve de tudo: mesas-redondas, debates, feira de produtos artesanais, venda de publicações, exposições de fotos, danças e cantorias.

Tendo como eixo a diversidade e a solidariedade, debateu-se modelos de desenvolvimento e sua relação com a natureza, democracia participativa, biodiversidade, biotecnologia, alimentos, agricultura, violência contra as mulheres, responsabilidades e responsabilizações. E muitos outros temas fundamentais para a sobrevivência no e do Planeta.

Passadas duas décadas, o Rio de Janeiro irá sediar a Rio + 20. A Conferência Oficial das Nações Unidas ocorrerá de 13 a 22 de junho. Ela terá dois temas principais: A economia verde no contexto de desenvolvimento sustentável e da erradicação da pobreza e A estrutura institucional para o desenvolvimento sustentável.

Paralelamente ocorrerá a Cúpula dos Povos, espaço destinado à expressão e manifestação da sociedade civil organizada. E com certeza as organizações de mulheres estarão presentes, reafirmando a ligação direta entre as mulheres e o meio ambiente. Pergunte a qualquer mulher o que é cuidar, poupar, reutilizar, proteger, sustentar, criar. Em qualquer língua ela saberá a resposta.

 

 

A Associação Mulheres pela Paz vai acompanhar as atividades das organizações de mulheres na Cúpula dos Povos. O tema meio ambiente e sustentabilidade da vida é parte integrante do conceito de paz ampliada (Resolução 1325 da ONU). Essa resolução é o guarda-chuva das atividades e reflexões da Associação. Vamos ficar ligadas na Cúpula dos Povos e disseminar informações em nosso site e redes sociais.

Entre as 1000 mulheres, de todo mundo, indicadas ao Nobel da Paz 2005, muitas pautaram e pautam suas vidas na luta por um planeta sustentável, planeta que garanta a segurança humana e todas as formas de vida. Com as brasileiras indicadas não é diferente. Se observarmos bem, o trabalho da maioria delas tem um pé na sustentabilidade.

Das 52 indicadas pelo Brasil, duas têm notório reconhecimento internacional na luta ambiental. Moema Viezzer, que na Eco 92, foi a facilitadora do Tratado de educação ambiental para sociedades sustentáveis e responsabilidade global. Esse documento é um dos principais instrumentos para a formação de educadores ambientais.

A outra é Marina Silva. Ministra do Meio Ambiente do governo Lula e candidata à presidência da República em 2010. O trabalho de Marina está intimamente relacionado ao meio ambiente. Ela tem um pensamento sofisticado quanto a modelos de desenvolvimento e sustentabilidade do planeta.

A Associação Mulheres pela Paz entende que a Cúpula dos Povos é uma oportunidade de difusão e diálogo das questões emergentes e urgentes que afligem a população global.

 

Leia também:

Tratado de Educação Ambiental

 

 

2 comentários
  1. Mulherespaz

    Obrigada, Bia.

  2. Beatriz Cannabrava

    A página está linda. Parabéns!

Deixe seu Comentário:





Seu comentário aparecerá após a aprovação.

Mulheres & Homens

1000 Mulheres pela Paz

©2019 – Associação Mulheres pela Paz – Rua Coração da Europa, nº 1395 – Bela Vista – 01314-020 – São Paulo/SP – Fone (11) 99647-9497