1000 Mulheres pela Paz ao Redor do Mundo

Convite

EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA, DE 22 DE NOVEMBRO  A 17 DE DEZEMBRO DE 2011, NO SAGUÃO DO PAÇO MUNICIPAL (REDE FÁCIL)
1000 MULHERES PELA PAZ AO REDOR DO MUNDO

 

 

Exposição trará fotos das concorrentes ao Prêmio Nobel da Paz 2005.
São mil rostos que se tornaram ícones na luta pela paz, segurança humana e justiça.

 

Para o Prêmio Nobel da Paz 2005, a associação suíça Mulheres pela Paz ao Redor do Mundo, com o apoio da Unesco, propôs a indicação de 1000 mulheres que, em 150 países, representavam as lutas contra a violência e a discriminação, contra a opressão e a miséria, em inúmeros espaços e frentes.

 

O Comitê do Prêmio Nobel 2005 não premiou o coletivo das mulheres, mas a articulação internacional que levou à seleção dos 1000 nomes mobilizou diferentes campos da sociedade, revelando a garra e a diversidade da atuação das indicadas, apesar dos múltiplos empecilhos que encontram no seu dia-a-dia.

 

Agora, seus rostos estarão fixados nas imagens da Exposição Fotográfica 1000 Mulheres pela Paz ao Redor do Mundo, num convite à continuidade e ao aprofundamento da ação das mulheres e de toda a sociedade na promoção da paz, dos direitos humanos, da justiça e da segurança. A abertura do evento acontece em 22 de novembro, terça-feira, às 19h, no saguão do Paço Municipal (Rede Fácil).

 

No Brasil, a coordenação do processo de mobilização e seleção teve à frente Clara Charf, ativista e militante dos direitos das mulheres de longa e reconhecida história, com o apoio de várias representações do movimento de Mulheres, feminista, popular, sindical e da academia.

 

Mais de 300 mulheres foram indicadas por pessoas e organizações do País. Em uma difícil tarefa, a Comissão de Seleção chegou a 52 nomes, notáveis pelas suas lutas e trabalhos nos quilombos, nas aldeias, no campo, em vilarejos, cidades, megalópoles. E seus rostos e perfis são também homenageados na publicação Brasileiras Guerreiras da Paz, cujo lançamento acontecerá no dia da abertura da Exposição.

 

As iniciativas são uma realização da Associação Mulheres pela Paz, presidida por Clara Charf, hoje com 86 anos, e dirigida por Vera Vieira. As imprescindíveis parcerias locais foram feitas com a Prefeitura Municipal e organizações da sociedade civil de São Bernardo do Campo.

 

Contam com o patrocínio da Petrobrás, com o apoio da Associação Mulheres pela Paz ao Redor do Mundo (Suíça), EED (Alemanha), Fundação Avina, Instituto Avon, Vital Voices, NNEDV e Secretaria de Políticas para as Mulheres do Governo Federal.

 

A Prefeitura de SBC, partilhará deste importante evento com a apresentação das ações realizadas no município  para o Fortalecimento da Rede de Enfrentamento a Violência Contra as Mulheres, promovidas por meio de Projeto específico realizado em 2010 e 2011, com o apoio da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República.

 

Ao difundir as imagens dessas mulheres, a Exposição quer deixá-las fixadas não apenas como “memória”, mas como estímulo, efeito multiplicador do que já se fez e do muito que se há de fazer em todo o mundo, por essas e por milhões de tantas outras mulheres que lutam pela paz, cujo exercício se dá no cotidiano.

 

 

Exposição 1000 Mulheres pela Paz ao Redor do Mundo
Painel temático: Mulheres e Homens pela Paz e contra a Violência Doméstica (com a presença de autoridades e lideranças locais, além de brasileiras indicadas ao Nobel residentes em São Paulo)
Apresentação das Políticas de Enfrentamento à Violência em SBCampo

 

 

Lançamento do livro Brasileiras Guerreiras da Paz
Dia e horário da abertura e lançamento do livro: 22 de novembro, terça-feira, às 19 horas.
Período da exposição: de 22 de novembro a 17 de dezembro de 2011.
Local: Saguão do Paço Municipal (Rede Fácil) – Praça Samuel Sabatini, 50 – Centro de S. B. Campo

 

 

ASSOCIAÇÃO MULHERES PELA PAZ
Praça da República, 376, 7º andar, cj. 71
01045-000 – São Paulo/SP
Telefax: (11) 3224-9454
Email: associacao@mulherespaz@.org.br
Site: www.mulherespaz.org.br
Presidenta: Clara Charf
Diretora executiva: Vera Vieira
Secretária: Walkíria Lobo Ferraz

 

ASSOCIAÇÃO MULHERES PELA PAZ AO REDOR DO MUNDO
Maulbeerstrasse 14
3011 Bern – Switzerland
Website: www.1000peacewomen.org

 

ATIVIDADES EM SÃO BERNARDO DO CAMPO/SP

 

Abertura da Exposição 1000 Mulheres pela Paz ao Redor do Mundo
(com painel temático “Mulheres e Homens pela Paz e Contra a Violência Doméstica” e apresentação das das Políticas de Enfrentamento à Violência em SBC) e a presença de lideranças e autoridades locais, além de Mulheres da Paz indicadas ao Nobel 2005) e também o lançamento do livro “Brasileiras Guerreiras da Paz”.

 

22/11/2011 (terça-feira), às 19h, com coquetel – evento aberto ao público no saguão do Paço Municipal de SBC (Rede Fácil) – Praça Samuel Sabatini, 50 – Centro, com Oficina Redefinindo Paz – Violência Doméstica: construção de metodologia de educação popular feminista específica para trabalhar com mulheres e homens.

 

 

23 e 24/11/2011 (quarta e quinta-feira) – das 9h às 17h30 (evento para lideranças convidadas) no salão de eventos do Pampas Hotel – Av. Barão de Mauá, 71 – São Bernardo do Campo

Objetivos
• Construir metodologia para trabalhar a questão da violência doméstica com mulheres e homens.
• Refletir sobre a amplitude do conceito de paz, voltado para segurança humana e justiça (Resolução 1325 da ONU), notadamente sua aplicação na questão da violência doméstica.
• Aplicar a experiência e o trabalho das brasileiras indicadas ao Prêmio Nobel da Paz 2005, visando à segurança humana e à justiça para as mulheres.
• Demonstrar, por meio da Oficina e da Exposição de fotos /histórico das 1000 mulheres indicadas ao Nobel da Paz 2005, como a experiência das mesmas poderá ser aplicada no cotidiano.
• Conectar as ações brasileiras com as de outros países do mundo, visando estabelecer estratégias, utilizando o impacto no cotidiano do conceito ampliado de paz.

 

23/11/2011 – quarta-feira

9h às 9h30 – Dinâmica de apresentação, levantamento de expectativas e apresentação do projeto (Loló)
9h30 às 10h30 – Aplicação do questionário Escala de Gênero em grupo e Relações de Poder (Vera Vieira)
10h30 às 10h45 – Café
10h45 às 11h30 – Dinâmica sobre o conceito ampliado de paz – Resolução 1325 da ONU (Clara Charf)
11h30 às 12h30 – Debate sobre os temas da manhã
12h30 às 14h – Almoço
14h às 14h15 – Dinâmica de aquecimento  (Loló)
14h15 às 15h45 – Masculinidades (Flávio Urra)
15h45 às 16h – Café
16h às 17h30 – Gênero e Feminismo (Cristina Pectkol – Fé-Minina)

 

 

24/11/2011 – quinta-feira

9h às 9h15 – Dinâmica de aquecimento (Loló)
9h15 às 10h45 – Fortalecimento da Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher (Dulce Xavier)
10h45 às 11h – Café
11h às 12h30 – Violência no Mundo do Trabalho (Ana Nice M.de Carvalho do Sindicado dos Metalúrgicos e Andréa Ferreira de Sousa da Federação dos Metalúrgicos)
12h30 às 14h – Almoço
14h às 16h – Violência Sexual entre Quatro Paredes (Maria Auxiliadora F. Vertamatti – Caism)
16h15 às 16h30 – Café
16h30 às 17h30 – Avaliação, propostas de multiplicação e encerramento. (Vera + Dulce)

 

 

Realização: Associação Mulheres pela Paz

Parceria Nacional: Rede Mulher de Educação, Instituto Promundo, União de Mulheres de São Paulo e Geledés – Instituto da Mulher Negra.

Parceria em São Bernardo do Campo: Prefeitura Municipal de São Bernardo do Campo, Entre Nós, Fé-Minina, Promotoras Legais Populares, Sindicato e Federação dos Metalúrgicos e Sindicato dos Servidores Públicos de Diadema.

Apoio: Associação Mulheres pela Paz ao Redor do Mundo (Suíça); EED (Alemanha), Fundação Avina, Instituto Avon, Vital Voices, NNEDV e Secretaria de Políticas para as Mulheres do Governo Federal.

Patrocínio: Petrobrás


Mulheres & Homens

1000 Mulheres pela Paz

©2017 - Associação Mulheres pela Paz - Praça da República, 376 - 7º andar - Cj. 71 cep: 01045-000 - São Paulo - SP Fone (55 11) 3224-9454